quinta-feira, 17 de março de 2011

LIRA MAIA COMENTOU NOME DO NOVO ESTADO

Sobre a enquete do blog que sonda a opinião dos leitores sobre as alternativas de nome para o virtual novo estado a ser criado com a emancipação política da região Oeste do Pará, publicado hoje, o deputato Lira Maia (DEM) enviou o seguinte comentário:

Meu amigo Piteira,

Discutir agora o nome, me parece muito pequeno pro tamanho deste projeto.

Na realidade não nos interessa nome, nem capital. Estas discussões nos parece divergentes. Precisamos de discursões convergentes em torno de um projeto que não tenho dúvidas, será uma das maiores contribuições que se daria ao desenvolvimento do Pará.

Acho que pode ser Paituna, Limão, Pantera, Leão, São francisco, Conceição, Torrão, Campi ou Monte Alegre. O que nos interessa neste momento é a união do povo do Oeste do Pará, em busca de sua redenção, a criação de um Novo Estado.

Entre nesta luta, nos ajude a divulgar e a articular votos para finalmente nos libertar de tantas coisas.

Contamos com você

Um forte abraço 

Lira Maia


COMENTÁRIO DO BLOG

Prezado deputado:

este modesto espaço já demonstrou seu compromisso com a luta pela criação do novo estado, desde que foi lançado, não cabendo, assim, o convite para "entrar na luta". Já estou nela há tempo.

Portanto, longe de mim a intenção de propor uma discussão que incentive a divergência, fracionamento ou qualquer outro aspecto negativo ao movimento pela emancipação do Oeste do Pará e criação do novo estado.

Uma simples enquete para colher a opinião dos leitores deste blog sobre o provável nome do futuro estado não pode ser vista como uma discussão divergente. Esta modesta iniciativa está a uma distância amazônica de enfraquecer o movimento.

Tenho, sim, divergências quanto à metodologia adotada pela coordenação do movimento para sensibilizar e mobilizar a população para a causa, mas nunca dei destaque a isso - e isso pode ter sido um erro. O movimento continua sendo, desde sua criação, uma articulação da elite política de Santarém. Poucos líderes de outros municípios se envolveram intensamente com o projeto.

A população, mesmo, apesar de ser simpática ao projeto de criação do novo estado (medi isso em várias pesquisas de opinião na região), ainda não foi alcançada pelas mensagens da coordenação do movimento. E posso lhe garantir, deputado, que foi um erro adotar, no início da campanha, a proposta de "Estado do Tapajós". Constatei isso em pesquisas em Itaituba e Trairão e em praticamente todos os municípios da margem esquerda do rio Amazonas. E a coordenação do movimento também percebeu esse erro, tanto que passou a dotar a denominação genérica de "Novo Estado", uma decisão correta. Mas a resistência já estava criada.

Mas, repito: nunca dei destaque a isso, nem mesmo em reuniões que participei em Monte Alegre e Almeirim, eventos com pouca participação popular.

Assim, deputado, não gosto de alimentar polêmicas desnecessárias. Ouvir opinião dos meus leitores sobre o provável nome do futuro estado está longe de ser uma polêmica do tipo. Mesmo quando há divergênias em um debate, sempre adoto, por princípio democrático, a postura de priorizar o que nos converge, nos une. Nunca o contrário.

Nossa luta é pela criação do novo estado. Então, vamos nessa!

Um grande abraço!

Piteira

Um comentário:

Jucimara disse...

Caro amigo Piteira.

Concordo integralmente com sua resposta ao Deputado Lira Maia.