terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

COMO CONTER A EROSÃO QUE AVANÇA SOBRE MOSQUEIRO?

A erosão avança sobre residências e empreendimentos particulares. Engenheiros e população vão debater propostas para contê-la e corrigir os danos já causados

As prováveis respostas para a erosão que já destrói várias praias da ilha de Mosqueiro serão discutidas em audiência pública da Câmara Municipal de Belém, uma proposta apresentada pelo vereador Professor Elias (PPS). No mesmo evento, ténicos e a população vão também debater os projetos para reparar os graves danos já causados pela força da maré sobre os balneários da ilha.

A proposta do vereador é unir engenheiros e outros técnicos da Prefeitura de Belém, do governador do Estado e da Universidade Federal do Pará (UFPA) e a população da vila no debate sobre um problema que já avança nas praias do Paraíso, do Bispo, Murubira, Ariramba, Baía do Sol, Prainha e Praia Grande.

Professor Elias sabe que esse não é um problema de fácil solução nem resolvível com recursos de pouca monta. "Ele exige estudos ambientais e de engenharia, necessita ter a participação da população local na sua discussão e na busca das soluções mais adequadas para resolvê-lo, precisa de alto investimento", afirmou.

Depois de aprovada, a proposta de audiência pública apenas aguardará a definição de data, local e hora para acontecer.

Leia mais em http://verprofessorelias.blogspot.com.br/2013/02/audiencia-publica-vai-discutir-como.html?spref=fb

2 comentários:

Na Ilharga disse...

meu amigo Piteira,
Acho que ainda é tempo de disciplinar as construções no Mosqueiro, principalmente naquela orla que envolve Bispo, Praia grande, Prainha e Areião, sendo que esta não traz muito problema de erosão porque fica mais abaixo do nível das outras. Com efeito, se nada for feito, haverá um grande desastre naquela área, semelhante aos verificados nas regiões serranas do Rio de Janeiro; e isso é extensivo à Baía do Sol, por isso a providência é salutar e torçamos para que dê certo
Um fraterno abraço
PS Ainda te devo uma congratulação pela investidura, mas essa tem que ser no 'Mineiro'.

José Maria Piteira disse...

Verdade, Jorge!
Não sou grande conhecedor daquela ilha - conheço bem o Baixo-Amazonas -, mas concordo que a iniciativa do vereador em provocar esse debate amplo sobre o problema, sobre como contê-lo e reverter minimamente os danos já causados, é importante.
Pretendo participar da audiência, quando ocorrer.

Piteira

PS: Também tens razão quanto à proposta de atualizar outros papos lá no Mineiro. Vamos combinar. Pode ser a próxima sexta?