quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

PARÁ: ÍNDIOS SURUÍ BLOQUEIAM BR-153 E EXIGEM INDENIZAÇÃO

Um grupo de índios da reserva indígena Sororó, no sudeste do Pará, bloqueou a rodovia BR-153, na manhã desta quarta-feira, nas proximidades da cidade de Marabá (localizada a 485 km de Belém).

Os índios, que são da tribo Suruí, exigem o pagamento de uma indenização pelo fato de a BR-153 passar dentro de um território indígena.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, eles dizem que só sairão do local depois que algum integrante do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) compareça levando documento para mostrar que eles receberão indenização.

Há cerca de 100 índios no local, portando arcos e flechas. A  Fundação Nacional do Índio (Funai) negocia a liberação da rodovia, mas ainda não há previsão de quando isso ocorrerá.

Para ler mais, http://www1.folha.uol.com.br/poder/1039419-por-indenizacao-indios-bloqueiam-rodovia-no-para.shtml 

ESPESPECIALISTAS APONTAM DESAFIOS AO NOVO MINISTRO DA EDUCAÇÃO


O novo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, assumiu o comando do Ministério da Educação (MEC), ontem,  e tem, de cara, desafios hercúleos para vencer os problemas em que está atolada a educação brasileira, segundo vários especialistas em educação. Os principais desafios são: a aprovação do Plano Nacional de Educação (PNE) para 2012; priorizar a desafio de priorizar a educação básica brasileira, que atende a mais de 50 milhões de crianças e jovens e soma 2 milhões de professores da educação infantil ao ensino médio.

Essa é a principal expectativa e cobrança de dirigentes e especialistas do setor ouvidos pelo O GLOBO. Cada um dos entrevistados listaram cinco itens:

* Antônio Freitas, membro do Conselho Nacional de Educação:
- melhorar a educação básica, investindo na seleção de profissionais mais qualificados e brigando pelo cumprimento do piso nacional dos professores. Hoje, no Brasil, 98% da população tem acesso a educação básica, mas esse ensino ainda não é de qualidade;
- diminuir a taxa de evasão no ensino médio;
- aumentar a quantidade de bolsas de estudo oferecidas no Programa Universidade para Todos (Prouni);
- melhorar a logística do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade);
- mudar os sistemas de avaliação da qualidade da educação no Brasil levando em consideração as diferenças regionais.

Para conhecer as sugestões de outros especialistas, http://br.noticias.yahoo.com/especialista-listam-principais-desafios-novo-ministro-educa%C3%A7%C3%A3o-191443114.html;_ylt=ArZSA5cGdSF_BVpeSq3YsWZEddp_;_ylu=X3oDMTNybGpnOThkBG1pdANUb3BTdG9yeSBCcmFzaWxTRgRwa2cDYzIzZjk5YmQtNDViNC0zMTM5LTlkMjQtZWMzYWYwZDk1ZjUzBHBvcwMzBHNlYwN0b3Bfc3RvcnkEdmVyAzA4NzQ4MDkwLTQ3ODktMTFlMS05N2VjLWRmMzIyNzA1NmMzMQ--;_ylg=X3oDMTFxa2E4YzVqBGludGwDYnIEbGFuZwNwdC1icgRwc3RhaWQDBHBzdGNhdANicmFzaWwEcHQDc2VjdGlvbnMEdGVzdAM-;_ylv=3 

IMPRENSA COM LIBERDADE AMEAÇADA

Três jornalistas foram assassinados no Brasil, ano passado

Aumenta o risco de vida aos jornalistas no Brasil, ao mesmo tempo em que a liberdade de imprensa e o direito dos cidadãos à informação, se não ficam comprometidos, certamente perdem espaço.

O Brasil perdeu 41 postos na classificação anual da organização Repórteres Sem Fronteiras sobre liberdade de imprensa. Agora, o país ocupa a posição número 99. A grande perda de posições se deve, essencialmente, por causa da violência que a imprensa sofre na região nordeste e na zona que faz fronteira com o Paraguai.

A organização lembrou que três repórteres morreram no Brasil em 2011. O país também é prejudicado pela corrupção local, a atividade do crime organizado e os atentados contra o meio ambiente, todos eles perigosos para os jornalistas.

Fonte: http://br.noticias.yahoo.com/brasil-cai-41-posi%C3%A7%C3%B5es-ranking-liberdade-imprensa-113805504.html

VOTO DISTRITAL: PARA APRIMORAR NOSSA DEMOCRACIA


Do atuais 513 deputados federais brasileiros, apenas 36 deles foram eleitos com votos próprios. Todos os demais 477 pegaram carona na votação dos outros ou na legenda partidária.

Nas Assembleias Legislativas, isso não é diferente. Hoje, você vota em um candidato, mas acaba ajudando a eleger alguém que não conhece nem tem compromisso com você, seu bairro ou município. 

Esse sistema eleitoral precisa mudar.

VOTO DISTRITAL: Debata e apoie essa ideia!

Leia mais e veja vídeos: http://www.euvotodistrital.com.br/blog/

SESMA NÃO ESCLARECE CONVÊNIOS COM ONG'S

Já se passaram mais de dois meses desde que o vereador Fernando Dourado (PSD) solicitou, através da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Belém, explicações da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) sobre o repasse de R$ 7,8 milhões feitos em 2010, através de convênios, para duas ONGs, para projetos de Atenção Básica de Saúde de Povos Indígenas que não residem em Belém, mas em municípios bem distantes da capital, como Benevides e Capitão Poço. “No requerimento, queria informações detalhadas sobre os convênios fechados, sobre o objeto deles, as atividades desenvolvidas, plano de trabalho etc. Mas até agora não recebi nada”, diz Dourado.

Ele observa que muitas questões precisam ser respondidas pela Sesma para esclarecer de que forma esses convênios inusitados foram fechados. “Pelo que apurei, em junho de 2010 o Instituto Marlene Mateus, uma das ONGs beneficiadas, contratou a empresa Biolab Centro de Diagnóstico Laboratorial por R$ 2.415.307,00, para prestação de ‘Serviços Médicos, Odontológicos, Laboratoriais e Hospitalares’. Ora, essa ONG não teria que ter a expertise para realizar esse atendimento? Por que terceirizou o serviço para uma empresa privada?”, questiona.

O vereador diz que, nesse caso, a prefeitura deveria ter feito uma licitação como manda a Lei e ter contratado diretamente uma empresa privada para realizar o serviço, sem a intermediação da ONG, que agora se vê não tinha condições de realizar esse atendimento. Resta saber ainda se a Biolab tem capacidade técnica de atender a populações indígenas, que exigem um procedimento bem especializado”.

Para ler mais, http://diariodopara.diarioonline.com.br/N-149905-SESMA+NAO+ESCLARECE+CONTRATOS+COM+ONGS.html 

NOVO DIESEL: 60% DOS POSTOS DO PARÁ AINDA NÃO VENDEM O COMBUSTÍVEL

Consumidores insatisfeitos têm reclamado das dificuldades de encontrar nos postos de gasolina do Estado o novo tipo de óleo diesel. O S-50, tipo menos poluente que tem em sua fórmula a redução do enxofre, foi o substituto para o S-100 e S-500, combustível antigo que foi extinto com a legislação Euro V, acordo entre montadoras e Ministério Público Federal para a redução de poluentes.

Desde o dia 1º de janeiro a legislação obriga os postos a disponibilizarem o novo diesel, assim como as montadoras e fabricantes de veículos a só produzirem máquinas que consumam o S-50. No entanto, Leonardo Pontes, presidente do Sindicato das Concessionárias e Distribuidoras de Veículos e Máquinas Automotoras – Sincodiv, afirma que encontrar a nova fórmula tem sido a principal reclamação de consumidores. “Temos recebido diversas ligações em busca de informação sobre pontos de venda, mas até agora foram poucos lugares encontrados” diz Pontes.

O presidente do Sincodiv ressalta que, em uma busca no site da Agência Nacional de Petróleo (ANP), encontrou uma lista com 386 postos do Pará que dizem já comercializar o produto. Mas Leonardo questiona. “Acredito que pelo menos 60% desses pontos de vendas ainda não fizeram o investimento”.

Com o prejuízo, os clientes. “Quem comprou um caminhão ou pick-up já no acordo do euro-v fica na mão por não ter onde abastecer. Temos relatos de pessoas de Santarém e outros municípios, incluindo Belém, que até agora não encontraram o combustível nos postos”, explicou Leonardo Pontes.

Para ler mais, http://www.diarioonline.com.br/noticia-184902-60-porcento-dos-postos-ainda-nao-fornecem.html 

AGRICULTURA SEM FOGO: EMBRAPA TESTA NOVO EQUIPAMENTO

Tudo indica que está com os dias contados a técnica rudimentar de uso do fogo na preparação da terra para o roçado nos rincões da Amazônia, o que significará um avanço verdadeiramente revolucionário nos seus sistemas de produção agrícola. 

Secularmente empregada pelo caboclo da região, num processo que envolve o desmate e a queima para posterior plantio, ela deverá ceder lugar a um sistema mais moderno e em sintonia com os novos tempos. O novo método de preparo da terra, já em testes por pesquisadores da Embrapa no município de Igarapé-Açu, consiste no corte e trituração da vegetação secundária, a nossa popular juquira.

O equipamento não pode ser utilizado em áreas de floresta primária, porque não se presta ao desmatamento - e nem é este o objetivo de seu uso - e nem nas lavouras já consolidadas. Sua utilidade ganha realce, portanto, na recuperação de áreas degradadas, ocupadas por capoeiras e matas secundárias.

Acoplado a uma máquina, espécie de trator de grande porte, o equipamento faz o corte da folhagem, galhadas e troncos com até 25 centímetros de diâmetro. Toda essa biomassa é triturada com a máquina em movimento e deposta em camada na superfície do solo.

Para lr mais, http://www.diarioonline.com.br/noticia-184905-nova-tecnica-elimina-fogo-na-agricultura.html 

CRIME ELEITORAL: DUDU E ALMIR SERÃO INVESTIGADOS PELO MPE

O procurador regional eleitoral Daniel Cézar Azeredo Avelino determinou que a promotoria do Ministério Público Eleitoral (MPE) abra procedimento para investigar denúncia de crime eleitoral contra o prefeito Duciomar Costa e seu pré-candidato à prefeitura de Belém, Almir Gabriel, filiado ao mesmo partido de Costa. 

No dia 15 passado, a dupla inaugurou asfaltamento e iluminação pública em conjuntos habitacionais nos bairros da Marambaia e Castanheira. Costa e Gabriel descerraram placas e fitas inaugurativas das obras. Tudo foi fotografado e exibido com um texto produzido pela assessoria de Costa no próprio sítio da prefeitura de Belém.

O texto não fala da presença de Gabriel nas inaugurações, mas a omissão é compensada por três fotografias em que o ex-governador aparece ao lado do prefeito no ato simbólico de corte da faixa de inauguração, abraçando populares e com eles caminhando em uma rua. O título da matéria institucional já diz tudo: “presente de aniversário: 1.200 famílias recebem pavimentação e iluminação pública”.

As três fotos em que Almir Gabriel aparece ao lado de Costa no evento político ficaram durante dez dias no sítio da PMB.

Para ler mais, http://www.diarioonline.com.br/noticia-184888-mpe-investiga-duciomar-e-almir-por-crime-eleitoral.html 

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

INICIA-SE PERÍODO DE PRÉ-MATRÍCULA NAS ESCOLAS DO ESTADO

Esta aberta a pré-matrícula para alunos novos que desejam ingressar em uma das escolas da rede estadual de ensino, que apresentam calendário diferenciado, ou seja, com data prevista para iniciar o ano letivo de 2012, em fevereiro ou março. A pré-matrícula está disponível até o dia 05 de fevereiro no portal da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) www.seduc.pa.gov.br

As escolas, com o calendário diferenciado, são àquelas unidades de ensino que não aderiam a paralisação dos professores. Na Região Metropolitana de Belém (RMB), são 128 e todas as escolas do interior do estado, onde a adesão a última greve não foi intensa. Para as demais escolas o processo de matrícula só estará disponível a partir do dia 17 de fevereiro.

Os alunos que desejam ingressar nessas escolas, que já estão com o processo de matrícula aberto, terão o período de 07 a 09 de fevereiro para fazer a confirmação da pré-matricula. Os alunos novos, que por ventura perderem a pré-matrícula, terão uma nova oportunidade de se matricular, no período de 13 a 15 de fevereiro nas escolas que ainda disponibilizarem vagas. Os alunos que já fazem parte da rede estadual serão automaticamente rematriculados pelo sistema.

Novo Cronograma - A partir do dia 17 de fevereiro inicia novo cronograma de matrícula, com abertura da pré-matrícula, dando prioridade para pessoas com deficiência, até o dia 04 de março. Este grupo terá do dia 05 a 09 de março para confirmar a pré-matrícula.

Para ler mais, http://www.diarioonline.com.br/noticia-184867-aberta-a-pre-matricula-para-escolas-estaduais.html 

ESCÂNDALO ALEPA: MAIS OITO SERVIDORES DENUNCIADOS PELO MP

Peculato, fraude em processo licitatório, formação de quadrilha, falsidade ideológica e uso de documentos falsos por servidores da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa). 

Estas são as acusações que constam na denúncia ajuizada, na tarde de hoje, pelo Ministério Público do Estado (MPE), por meio dos promotores de justiça Arnaldo Célio da Costa Azevedo (Juízo Singular) e Nelson Pereira Medrado (Improbidade Administrativa).

Nesta nova denúncia estão incluídos: Raul Nilo Guimarães Velasco, Marco Antonio dos Santos Braga, Sandro Rogério Nogueira Sousa Matos, Raimundo Tadeu de Maciel de Oliveira e Françoise Marie de Oliveira – da Comissão Especial de Licitações e Obras (Celo); Maria de Nazaré Rodrigues Nogueira (conhecida como Naná), Alda Clara Gomes das Eiras e Paulina do Socorro da Costa Nascimento - da Comissão Permanente de Licitações (CPL).

Esta é a oitava denúncia criminal do Caso Alepa. Dos 76 processos recebidos pelo MPE, 72 estavam fraudados, todos relacionados a licitações, modalidade carta-convite.

Para ler mais, http://www.diarioonline.com.br/noticia-184866-mp-oferece-oitava-denuncia-criminal-do-caso-alepa.html 

UMA NOTA DE SETE REAIS PINTADA PARA SER SER VERDADEIRA

O senador Jader Barbalho teria confidenciado ao chefão do Grupo O Liberal, Rômulo Maiorana Júnior, e somente a ele, a decisão de pedir à deputada Josefina Carmo e ao prefeito Jardel Vasconcelos, de Monte Alegre, que deixem o PMDB. A notícia saiu na coluna Repórter 70, de O Liberal, edição do domingo passado, e somente lá. A cena, claro, é não apenas improvável, mas inexequível!

Tanto a informação de saída de Jardel e Josefina do partido quanto a possibilidade de um encontro entre os dois caciques da imprensa paraense são tão verdadeira quanto uma nota de sete reais.

"Vocês não são apenas peemedebistas: vocês são peemedebistas fundamentais ao partido", afirmou o prefeito de Ananindeua, Helder Barbalho, filho de Jader, em telefonema, na tarde de ontem, à deputada Josefina, que se encontra em Monte Alegre.

A deputada garantiu, hoje, que em nenhum momento ficou preocupada com a notícia, sabidamente falsa, plantada apenas e tão somente para alimentar a rede de intriga que costuma ser criada em anos eleitorais. A aleivosia publicada no principal jornal dos Maiorana está associada, claro, à disputa eleitoral que se avizinha no município de Monte Alegre, em outubro próximo.

Por sinal, Helder convidou a deputada para um encontro, na próxima semana, quando a Assembleia Legislativa retomar seus trabalhos, para tratarem de assuntos de interesse do partido.

CONSOLAÇÃO: BELÉM SERÁ SUB-SEDE DAS OLIMPÍADAS 2016

No início da tarde de hoje, o secretário de Estado de Comuinicação Social, Ney Messias, publicou em seu perfil do Twitter a informação de que Belém teria sido escolhida como sub-sede das Olimpíadas de 2016.

Por volta de 13h45, o site do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 já havia noticiado o resultado do Processo para Cadastramento e Seleção de Locais de Treinamento Pré-Jogos. Foram consideradas aptas 172 instalações esportivas, entre elas quatro instalações estão localizadas em Belém. A lista das instalações pode ser consultada no site oficial Rio 2016.

Segundo o secretário, o Governador Simão Jatene divulgará a informação oficialmente no decorrer do dia de hoje.

As instalações selecionadas na cidade de Belém foram: Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar; Ginásio de Esportes do Estado do Pará; Piscina e tanque de salto do complexo aquático estadual; Pista e campo de atletismo do estádio Edgar Proença, o Mangueirão.

Na região Norte foram selecionadas apenas cinco instalações. Além das quatro situadas em Belém, a quinta é a Fundação Vila Olímpica Danilo Duarte de Mattos Areosa, situada em Manaus, no Amazonas.

Para ler mais, http://www.diarioonline.com.br/noticia-184806-belem-sera-sub-sede-das-olimpiadas-de-2016.html 

PS: Prêmio consolação, na verdade. Não há muito o que comemorar, mas certamente que farão disso uma festa homérica!

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

MEC: DILMA CONFIRMA MERCADANTE NO LUGAR DE HADDAD

O ministro da Educação, Fernando Haddad, vai deixar o ministério na próxima semana e será substituído pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aloizio Mercadante. O lugar de Mercadante será ocupado pelo presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB), Marco Antônio Raupp. As mudanças foram confirmadas, hoje, pelo Palácio do Planalto.

Haddad deixa o governo para concorrer à prefeitura de São Paulo. Em nota, o ministro é elogiado pelo trabalho à frente do MEC, que comanda desde 2005, ainda no governo do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“A presidenta da República, Dilma Rousseff, agradece o empenho e a dedicação do ministro Haddad à frente de ações que estão transformando a educação brasileira e deseja a ele sucesso em seus projetos futuros. Da mesma forma, ressalta o trabalho de Mercadante e Raupp nas atuais funções, com a convicção de que terão o mesmo desempenho em suas novas funções”, diz a nota da Secretaria de Comunicação da Presidência da República.

Para ler mais, http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-01-18/planalto-confirma-saida-de-haddad-que-sera-substituido-por-mercadante-no-ministerio-da-educacao 

UNESCO: "RIO+20 SERÁ UM MARCO HISTÓRICO MUNDIAL"

Bokova: "Rio+20 deve ser lembrada como o início de uma transição global verde"

A diretora-geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), Irina Bokova, disse, hoje, que a Conferência Rio+20, programada para ocorrer entre 13 e 22 de junho, no Rio de Janeiro, será um marco histórico mundial. A diretora-geral acrescentou, ainda, que o resultado da Rio+20 será de grande "importância" para o meio ambiente global nos próximos dez anos. As informações são da Unesco.

"Rio+20 deve ser lembrada como um marco [histórico]. É o início de uma transição global verde. Essa é a visão da Unesco que orienta nosso trabalho no desenvolvimento de ações nas áreas de educação, ciências, cultura, informação e comunicação para um futuro mais sustentável", disse Bokova.

Segundo a diretora-geral, a conferência oferecerá ao mundo a “oportunidade única” de avançar na construção de uma agenda global para o desenvolvimento sustentável. De acordo com Irina Bokova, todos devem se esforçar na elaboração das propostas e na execução das ações – países desenvolvidos e em desenvolvimento.

Bokova disse ainda que a falta de diálogo entre os líderes políticos e gestores contribui para acentuar a “grave degradação dos recursos naturais do mundo”.

Para ler mais, http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-01-18/rio20-sera-marco-na-historia-diz-diretora-geral-da-unesco

FAMÍLIAS GASTAM COM SAÚDE MAIS DO QUE O GOVERNO COM O SUS

Segue o pacto diabólico: a calamidade na saúde pública força as famílias a procurarem o serviço privado

Apesar de o Brasil contar com o Sistema Único de Saúde (SUS), que tem como princípio prestar atendimento gratuito e universal, as famílias brasileiras responderam por mais da metade dos gastos com saúde no país entre 2007 e 2009.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que divulgou, nesta quarta-feira, a pesquisa "Conta-Satélite de Saúde", as despesas das famílias com bens e serviços de saúde, como planos, consultas, internações e medicamentos, chegaram a 56,3% do total do país nesse período.

Em 2009, o gasto público médio com saúde foi de R$ 645,27 por pessoa. Já as despesas privadas foram de R$ 835,65 per capita em média.

Segundo o IBGE, porém, os gastos públicos cresceram proporcionalmente mais do que os privados. Em 2009, houve crescimento de 5,2% das despesas da administração pública com saúde - aí computadas as esferas muncipal, estadual e federal. Já as famílias aumentaram seus gastos com o setor em 3,5%.

Para ler mais, http://www1.folha.uol.com.br/poder/1035972-mesmo-com-sus-familias-arcam-com-563-das-despesas-com-saude.shtml  

PS: E pensar que pagamos ao governo, em 2011, na forma de impostos, a montanha astronômica de 1,51 trilhão de reais! A saúde pública no Brasil é uma calamidade, uma ignomínia que deveria fazer nossos governantes ao menos sentirem vergonha. Mas isso não acontece: de alguma forma, a maioria deles ganha com isso!!

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

DIETER ZETSCHE, CHEFÃO DA MERCEDES: "A CHINA SALVOU O CAPITALISMO!"

Dieter Zetsche, 58 anos, nascido na Turquia, é o CEO da alemã Mercedes-Benz desde 2005 - assumiu o cargo depois de dirigir as operações da Chrysler, então parte do grupo, nos Estados Unidos.

"Doktor Zetsche", ou "Dr. Z", como ficou conhecido, é o comandante-em-chefe de um plano que pretende fazer que a marca alemã, que patenteou o primeiro motor a combustão (lá se vão 126 anos...), recupere o topo entre os fabricantes de carros de luxo (hoje nas mãos da também alemã BMW). Isso inclui uma ofensiva com seis novos produtos, no ano passado, outro tanto este ano e uma parceria com a Renault-Nissan para fazer uma plataforma para carros compactos, que será compartilhada pelo Smart e o Renault Twingo, e novos motores. 

Zetsche trabalhou no mercado brasileiro e, por enquanto, descarta a volta da produção de automóveis na linha de montagem de Juiz de Fora, que produziu modelos Classe A nos anos 1990.

Em entrevista à revista VEJA, ele afirmou que "a China, literalmente, salvou o capitalismo. Nossas vendas naquele mercado não param de crescer. Um chinês bem-sucedido gosta de demonstrar seu sucesso, representado num automóvel de luxo".


PS: A afirmativa do chefão da Mercedes é, no mínimo, uma ironia com tons sarcásticos àqueles que ainda insistem em professar fé no projeto furado do Socialismo enquanto opção revolucionária ao Capitalismo.

Se rejeita o Capitalismo como opção pela busca da felicidade e do bem estar coletivos, a Humanidade ainda precisará encontrar outra opção, mas que seja exequível. O Socialismo, em todas as suas vertentes - do cubano ao chinês, do albanês ao soviético -, demonstrou-se um fracasso!

APENAS 24% DOS CANDIDATOS SÃO APROVADOS NO EXAME DA OAB

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou, na noite de ontem, a lista dos candidatos aprovados no V Exame de Ordem. A relação contém, além dos nomes de candidatos já indicados na lista preliminar, aqueles que entraram com recursos e foram aprovados. Pouco mais de 26 mil dos 108.335 inscritos foram aprovados, ou seja, o índice de aprovação foi de 24%. No exame anterior, o índice de aprovação foi de 15,02%.

Para a OAB, o crescimento da aprovação revela o maior compromisso e empenho das universidades e estudantes. No entanto, segundo ele, os altos índices de reprovação ainda devem permanecer. 

A metade dos candidatos não passou da primeira fase do exame, composta por questões objetivas de múltipla escolha. Cerca de 50 mil candidatos oram aprovados e fizeram a segunda fase no dia 4 de dezembro.

Na segunda fase, os candidatos precisaram redigir uma peça processual e responder a quatro questões, sob a forma de situações-problema, compreendendo as seguintes áreas de opção do bacharel, indicada no momento da inscrição: direito administrativo, direito civil, direito constitucional, direito do trabalho, direito empresarial, direito penal ou direito tributário.


A lista completa dos aprovados está no link   http://img-oab.fgv.br/Arquivos/163/Resultado_final.pdf

PROUNI VAI OFERECER 195 MIL BOLSAS. INSCRIÇÕES COMEÇAM AMANHÃ

As inscrições no Programa Universidade para Todos (ProUni) começam amanhã (14) e vão até o dia 19 de janeiro no site http://siteprouni.mec.gov.br. 

O candidato deve ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2011 e obtido nota mínima de 400 pontos. Também é necessário que o estudante tenha cursado o ensino médio em escola pública. Caso o candidato tenha passado tanto por instituições públicas quanto privadas, é necessário provar que teve bolsa integral para cursar o ensino particular.

Serão oferecidas 195 mil bolsas, sendo 98 mil integrais e 96 mil parciais, que custeiam 50% da mensalidade. As bolsas integrais contemplarão os candidatos que tenham renda inferior a um salário mínimo e meio (R$ 933). Para quem tem renda até três salários mínimos (R$ 1.866), podem ser concedidas bolsas de 25% a 50%.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

OBRIGADO, BELÉM!

O que sou foi moldado por Belém, por sua gente, por seus movimentos políticos e culturais, pelas academias onde estudei, pelo que aqui descobri, pelas experiências que vivi.

Hoje, Santa Maria de Belém do Grão Pará completa 396 anos. Republico, aqui, um texto que fiz em homenagem à "Cidade das Mangueiras", há dois ano atrás. É a minha forma de agradecer à cidade e ao seu povo por tudo o que me ajudaram a ser e a ter.

Devo muito a Belém, que faz aniversário, hoje.

Foi a cidade que escolhi para estudar e que me acolheu, através de centenas de pessoas que aqui conheci naqueles primeiros anos da década de 80, de maneira carinhosa, materna, como acolheu milhares de outros paraenses que vieram do interland.

Aqui cheguei no dia 4 de janeiro de 1980. Cheguei seminarista, na companhia de outros mocorongos que tiveram a proteção de dom Tiago Ryan, nosso então bispo prelado, para virem estudar na capital, que logo soubemos ser “a Cidade das Mangueiras”.

Aqui estudei Teologia, que abandonei depois de quatro anos – há um grupo aqui em Belém de outros “enganadores de bispo” -, depois Ciências Sociais, depois Comunicação Social.

Aqui aprofundei a militância política incipiente que havia iniciado na terra natal. Filiei-me ao PT, no qual militei durante 18 anos, de forma dedicada e apaixonada, mas que depois abandonei levado pela decepção. Depois experimentei a militância sindical, como diretor do sindicato que representa os servidores municipais, cargo que também renunciei por discordar de práticas eticamente condenáveis.

Ainda na raia da política, aqui vivi intensa e maravilhosa experiência como dirigente comunitário, no bairro do Jurunas. Lá, lutamos por moradia – invadimos e conquistamos, em pleno regime militar, uma área usada pela Polícia Militar para abrigar sua Cavalaria, depois transformada em 363 lotes -, por dignidade, por cidadania. Vivi a agradável experiência de sentir o carinho do povo, e também a gratidão.

Aqui militei na Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos (SPDDH), no jornal Resistência, no Movimento pela Libertação dos Presos do Araguaia (MLPA), que lutou pela liberdade de 13 posseiros e dois padres franceses acusados de crimes contra a Segurança Nacional.

Aqui conheci o Palácio dos Bares, o São Jorge, o Patesco da Condor, o Rancho Não Posso me Amofinar, Lapinha, São Domingos, Imperial e uma infinidade de locais agradáveis, alegres, com gente igualmente agradáveis e interessantes. Neles fui um notívago.

Aqui constituí família. Aqui conquistei o emprego no qual estou há 26 anos. Aqui me firmei como profissional, jornalista. Aqui construí o modesto patrimônio que possuo. Aqui construí amizades que estão entre as mais importantes de minha vida.

O que sou foi moldado por Belém, por sua gente, por seus movimentos políticos e culturais, pelas academias onde estudei, pelo que aqui descobri, pelas experiências que vivi.

Certamente que eu seria muito diferente do que sou hoje se não tivesse vindo para Belém. Belém me moldou, foi decisiva para definir o que sou. Sou grato, portanto, a esta cidade e sua gente.

Obrigado, Belém! Parabéns pelo teu 394º aniversário!

Que teu futuro e o futuro de tua gente sejam muito melhores, infinitamente melhores, deste presente marcado pela violência, pela criminalidade - especialmente daquelas praticadas por teus parlamentares e governantes, que estimulam outras -, pelo caos no trânsito, pela desordem urbana. Nós, tua gente, merecemos isso.

Obrigado, Belém!

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

PGR VÊ INDÍCIOS DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA EM ATOS DE BEZERRA

O Procurador-Geral da República, Roberto Gurgel, considerou que há indícios de improbidade administrativa contra o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, depois de receber representação do senador Demóstenes Torres (DEM-GO) acusando Bezerra de improbidade.

Gurgel remeteu o documento à Procuradoria da República no Distrito Federal (DF) por considerar que o assunto não compete ao procurador-geral e sim à primeira instância do Ministério Público. A procuradoria no DF irá avaliar se move ou não uma ação civil pública contra o ministro por acusações de improbidade administrativa levantadas pelo senador oposicionista.

A representação de Demóstenes Torres acusa Bezerra de três atos irregulares. O primeiro deles é o de ter beneficiado o filho dele, deputado Fernando Coelho, na liberação de emendas parlamentares. A segunda acusação é sobre a permanência do irmão do ministro, Clementino Coelho na presidência interina da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf), o que fere a súmula vinculante do Supremo Tribunal Federal, na opinião do senador. A terceira acusação contra Bezerra é a de ter favorecido seu reduto eleitoral, Pernambuco, no repasse de verbas para a prevenção de desastres naturais em detrimento de outros estados que são historicamente atingidos por enchentes.

PREFEITOS CASSADOS VÃO ARCAR COM DESPESAS DE NOVA ELEIÇÃO

A Advocacia Geral da União (AGU) vai cobrar dos prefeitos que forem cassados os custos das novas eleições que forem convocadas nos municípios.

Pelo acordo firmado com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), após o prefeito ser julgado definitivamente, os Tribunais Regionais Eleitorais vão acionar a AGU para que sejam tomadas as providências necessárias para cobrar, por meio das ações judiciais, as despesas geradas pela convocação de nova votação.

O acordo tem validade de cinco anos e deve ser seguida pela Justiça Eleitoral em todo o país.

A AGU também vai pedir indenização por dano moral coletivo pelos transtornos causados aos eleitores que tiveram que votar mais uma vez e pelos prejuízos contabilizados pelos municípios tiveram que trocar de prefeitos.

AMÉRICA LATINA: BRASIL FOI O 3º EM ASSASSINATO DE JORNALISTAS, EM 2011

Gelson Domingos, cinegrafista da TV Bandeirantes, foi a última vítima no Brasil

O Brasil é o terceiro país da América Latina onde mais ocorreram assassinatos de jornalistas em 2011.

Segundo ranking elaborado pela Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP), quatro das 24 mortes de profissionais de comunicação registradas foram no país, que fica atrás apenas do México (7 mortes) e de Honduras (5). Também estão no ranking Peru (3), Colômbia (1), El Salvador (1), Guatemala (1), Paraguai (1) e República Dominicana (1).

Os quatro jornalistas brasileiros citados pela SIP são Luciano Leitão Pedrosa (morto em Pernambuco, em abril), Valério Nascimento (Rio, em maio), Edinaldo Filgueira (Rio Grande do Norte, em junho) e Vanderlei Canuto Leandro (Amazonas, em setembro).

Em novembro, também foi morto com um tiro de fuzil o cinegrafista Gelson Domingos, 46, da TV Bandeirantes, enquanto registrava uma operação policial em uma favela na zona oeste do Rio.

INSCRIÇÕES PARA BOLSAS DO SISU VÃO ATÉ AMANHÃ

Os estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011 têm até amanhã para se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). 

Para o primeiro semestre de 2012 estão disponíveis 108 mil vagas em 95 instituições públicas de ensino superior, que serão distribuídas a partir das notas dos candidatos no exame.

Até as 18h de ontem, o sistema registrou 2,6 milhões de inscrições de 1,3 milhão de participantes – cada candidato pode escolher até dois cursos. O Rio de Janeiro é o estado com o maior número de inscrições até o momento: 321 mil. Em seguida, vêm Minas Gerais ( 288 mil), São Paulo (226 mil), o Ceará (196 mil) e o Rio Grande do Sul (182 mil).

Ao acessar o sistema, o estudante deve escolher duas opções de curso, indicando a sua prioridade. É necessário informar o número de inscrição e a senha de cadastro do Enem 2011. 

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

DINHEIRO DO FGTS VAI FINANCIAR REFORMA DA CASA PRÓPRIA

O Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) aprovou a utilização de até R$ 20 mil do dinheiro do fundo para a compra de material de construção.

A nova linha de crédito, chamada de Fimac FGTS (Financiamento de Material de Construção), estará disponível para cotistas do fundo com vínculo empregatício ativo, independente da renda e de acordo com sua capacidade de pagamento.

A linha ainda depende de regulamentação da Caixa Econômica Federal, o que deverá ocorrer em até 30 dias após a data da publicação.

De acordo com nota do Ministério do Trabalho, a linha poderá ser usada para reforma, ampliação ou construção de imóveis residenciais.

Para ler mais, http://www1.folha.uol.com.br/mercado/1032537-conselho-aprova-fgts-na-compra-de-material-de-construcao.shtml  

PS: Medida simples, mas altamente eficiente para manter aquecido o setor da construção civil e beneficiar a classe média.

Bom, muito bom!

PARÁ TEM 63% DE EVASÃO ESCOLAR NO ENSINO MÉDIO


O estudo "Presença do Estado no Brasil: Federação, suas Unidades e Municipalidades", divulgado, hoje, pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), mostra que os Estados da Região Norte têm os piores índices de estudantes que abandonaram a escola no ensino médio do País. 

Em todos eles, mais de 60% dos jovens de 15 a 17 anos deixam a escola antes de completar esse nível de ensino. A pior situação se encontra em Rondônia, onde a taxa de evasão é de 68,4%. Por outro lado, o Distrito Federal apresenta a menor taxa, de 31,2%.

Os sete Estados do Norte ocupam as sete piores colocações no ranking de frequência escolar no ensino médio. Além de Rondônia, figuram na parte de baixo da tabela o Acre (66,7% de evasão), Amazonas (65,6%), Roraima (63,9%), Pará (63,5%), Amapá (62,3%) e Tocantins (61,8%). Maranhão (60,4%) e Piauí (60,1%) completam a lista das unidades da federação cuja evasão escolar no ensino médio é superior a 60%.

De acordo com o presidente do Ipea, Marcio Pochmann, a renda baixa é um dos elementos que contribui para a evasão escolar, mas ele diz que o problema econômico é insuficiente para explicar os níveis de abandono da escola no ensino médio.


PS: E o Pará segue a triste sina de gerar notícias ruins e desalento quanto ao futuro da atual geração de estudantes. Mas ainda há quem garanta, de pés juntos, que a péssima qualidade da nossa educação e as greves anuais de professores nada têm a ver com isso.

DEFESO DO CARANGUEJO COMEÇA HOJE

O período de defeso é essencial à sobrevivência do crustácio e necessário à sustentabilidade de uma atividade que oferece ocupação e renda a milhares

Começa, hoje, o primeiro defeso do caranguejo do ano. Ele vai se estender até o dia 15, período em que ficará proibido em todo o Estado do Pará a captura, o transporte, o beneficiamento, a industrilização e a comercialização do crustráceo, sob pena de multa e até de prisão. Neste período de cinco dias, os feirantes e casas especializadas não poderão comercializar o produto, a menos que tenham declarado o estoque junto ao Ibama.

O casal de comerciantes Rômulo e Lourdes Noraes reconhece a necessidade destes períodos de defeso e acreditam que "este período tem mesmo que ser respeitado, pois faz parte do equilíbrio da natureza".

BELÉM: FRAGMENTADO, PT VAI DEFINIR CANDIDATO EM PRÉVIAS

O Partido dos Trabalhadores (PT) começou, ontem, a série de oito debates com os candidatos que vão concorrer nas prévias da legenda à indicação para a disputa à Prefeitura de Belém nas eleições deste ano. São seis os candidatos inscritos e haverá oito debates. A votação está marcada para o dia 22 de janeiro. Se nenhum dos candidatos conseguir 50% mais um dos votos dos filiados, haverá um segundo turno no dia 5 de fevereiro.

Concorrem à vaga o deputado federal Cláudio Puty, indicado pela tendência Democracia Socialista; o deputado estadual Carlos Bordalo, da Articulação Socialista, e o vereador Alfredo Costa, da Articulação Unidade na Luta. Também estão na disputa Fábio Pessoa e Paulo Gaia, que não estão ligados a nenhuma tendência, além do delegado João Moraes, que articula um grupo com apoio do professor Mário Cardoso.


PS: O número de pré-candidatos demonstra o quanto a unidade petista está longe do apregoado. Mas haverão de dizer que é justamente a diversidade que "oxigena a vida do partido e fortalece sua democracia".

Na verdade, com muitos ou poucos pré-candidatos nestas prévias, e independente do resultado que dele sairá, o certo é que o cenário eleitoral para o PT, em Belém, não é nada animador - nada, mesmo! - depois do desastre político que foi o Governo Ana Júlia.

Os cidadãos eleitores da capital ainda têm fresca na memória a diferença abissal entre as promessas de campanha e o resultado desastroso apresentado pelo partido à frente da gestão do Estado.

NA BASE DE APOIO AO GOVERNO DILMA, O PMDB FOI O MAIS INFIEL

No primeiro ano do governo Dilma Rousseff, PSB e PCdoB, aliados históricos do PT, mantiveram um grau de fidelidade próxima a 70% nas votações de interesse do Executivo no Congresso Nacional, sendo superados apenas pela adesão da própria bancada petista. Mesmo sendo parte do governo e ocupando a vice-presidência, o PMDB não figura entre os partidos mais fiéis, considerando todas as votações de interesse do Palácio do Planalto realizadas no ano passado.

Em sua estreia, o PSD do prefeito Gilberto Kassab também se comportou com a lealdade dos governistas, atingindo no seu primeiro mês de votação, novembro, adesão superior a 90% nas vorações de interesse do governo. Os dados são de levantamento feito pela consultoria Arko Advice, especializada em estudos sobre o comportamento dos parlamentares.

Segundo o levantamento, 73,71% dos deputados petistas apoiaram o governo na votações do ano passado, contra 64,21% dos peemedebistas - este percentual considera apenas os votos a favor dados pela bancada e computa as ausências. Quando a comparação é feita apenas entre o tamanho da bancada e o apoio, o percentual de adesão partidária é maior, com PT aparecendo com 94,82% de fidelidade e PMDB com 88,16%.


PS: A promiscuidade e ausência total de princípios programáticos ou éticos nas alianças partidárias no Brasil muito contribuíram para a banalização e ridicularização da política.

Aos governos resultantes desta prática asquerosa restam a partilha dos cargos públicos, a cada um cabendo parte do butim, e a repetição de escândalos na aplicação do dinheiro público. Aos cidadãos, a crescente ojeriza a essa prática nada enobrecedora e os prejuízos que lhes são impostos pela corrupção e tantas outras patifarias cometidas por bandidos ocupantes de cargos públicos.

O que se vê nas administrações públicas Brasil afora, a começar por Brasília, não se trata de mera coincidência. O retrato dessas alianças se expressa no fato de que PT e PMDB vão se enrentar, certamente, em 14 capitais nas eleições municipais deste ano.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

ECOLOGIA: ILHA DINAMARQUESA USA 100% DE ENERGIA LIMPA


Na costa da Dinamarca, Samso, uma ilha que abriga pouco mais de 4 mil pessoas, produz 100% da energia que consome com fontes renováveis. E mais um pouco. O que sobra é repassado à rede pública, vendido no mercado de carbono e exportado para a parte continental por meio de cabos submarinos – que antes levavam petróleo e gás para abastecer os habitantes do local.

Tudo começou em 1997, quando a ilha ganhou um concurso do Ministério Dinamarquês de Ambiente e Energia. Mais tarde, o projeto recebeu financiamento e, com a dedicação e articulação dos moradores, foi possível construir 21 turbinas eólicas em terra e em alto mar.

Os moradores que investiram parte de suas terras para a instalação de turbinas eólicas hoje ganham dinheiro com o excedente. O lucro obtido com a geração de energia limpa (cerca de R$ 80 milhões por ano) é investido em obras sociais e o local tem um dos melhores índices de qualidade de vida do mundo.


PS: São muitos as ideias e iniciativas positivas pelo mundo afora, mas muitos ainda insistem em adotar as menos recomendadas.

Na Dinamarca, as ações positivas em favor do meio ambiente; na China, a nova revolução cultural, puxada pela educação de excelente qualidade; no Japão, a solidariedade e correta aplicação do dinheiro público, demonstradas na reconstrução de regiões do pais destruídas pela forte tsunami do ano passado; no Canadá, a excelência na gestão da saúde e da educação públicas, que gera índice elevadíssimo de qualidade de vida; na Finlândia, onde o índice de corrupção no poder público é o menor do mundo.

Já aqui no Brasil, seja em meio ambiente, em educação, em solidariedade e aplicação do dinheiro público; seja em qualidade de educação, saúde e qualidade de vida ou em percepção de corrupção, nossos índices são vergonhosos. 

A título de exemplo, 260 usinas termelétricas em operação na Amazônia despejam na atmosfera, a cada ano, 6 milhões de toneladas de dióxido de carbono (CO2), o principal gás que causa o aquecimento global. O pulmão do mundo encontra-se intoxicado pela fumaceira, mas, ainda assim, vários movimentos lutam contra a construção da hidrelétrica de Belo Monte, que vai produzir 11,2 milhões de megawatts de energia limpa. O CO² gerados pelas termelétricas amazônicas equivale ao dobro das emissões produzidas no mesmo período pela frota de veículos da cidade de São Paulo, a maior do país.

Mas o quadro já foi pior, é verdade, o que demonstra que podemos melhorar, e muito. Infelizmente, os mal exemplos dos governantes e outros políticos desestimulam os cidadãos a serem diferentes.

Apesar da forte descrença, há muita gente acreditando e fazendo diferente. E isso é muito bom!

EMISSÕES DE CO² PODERÃO RETARDAR NOVA ERA GLACIAL

Era glacial corresponde a um longo período de tempo geológico em que grande parte do planeta, ao adquirir temperaturas muito baixas, fica coberta de gelo e neve

As emissões de dióxido de carbono (CO2) causadas pela ação do homem terão o efeito de retardar o início da próxima Era Glacial, segundo afirma um novo estudo. A última Era Glacial terminou há 11.500 anos, e os cientistas vêm há tempos discutindo quando a próxima começaria.

Os pesquisadores usaram dados da órbita da Terra e outros itens para encontrar o período interglacial mais parecido com o atual.

Em um artigo publicado na revista Nature Geoscience, eles afirmam que a próxima Era Glacial poderia começar em 1.500 anos, mas que isso não acontecerá por causa do alto nível de emissões.

“Nos atuais níveis de CO2, mesmo se as emissões parassem agora, teríamos provavelmente uma longa duração interglacial determinada por quaisquer processos de longo prazo que poderiam começar para reduzir o CO2 atmosférico”, afirma o coordenador da pesquisa, Luke Skinner, da Universidade de Cambridge.

Segundo eles, a transição para a última Era Glacial foi sinalizada por um período quando o esfriamento e o aquecimento se revezaram entre os hemisférios norte e sul, provocados por interrupções na circulação global de correntes oceânicas.

Grupos que se opõem à limitação das emissões de gases do efeito estufa já citam o estudo como uma razão para apoiar a manutenção das emissões humanas de CO2.

Para ler mais, http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-01-09/emissoes-de-co2-podem-retardar-inicio-da-proxima-era-glacial-diz-estudo  

domingo, 8 de janeiro de 2012

ESCÂNDALO BRT: DENÚNCIA DE VEREADOR CHEGA ÀS MÃOS DE DILMA

A conturbada licitação da Prefeitura de Belém para a implantação do Ônibus de Trânsito Rápido (BRT) no trecho de 20 quilômetros entre o distrito de Icoaraci e o bairro de São Brás - vencida pela construtora Andrade Gutierrez e sob suspeita de favorecimento denunciada por concorrentes à Justiça - pousou no gabinete da presidente da República, Dilma Rousseff, com pedido de providências do vereador Carlos Augusto Barbosa. 

Na carta-denúncia, ele relata as estranhas articulações que estão por trás da formulação do edital 034/2011CPL/PMB e a postura do prefeito Duciomar Costa, que colocou na presidência da Comissão de Licitação uma assessora especial lotada no gabinete dele.

Barbosa narra que Costa publicou o edital da obra no dia 17 de novembro passado, no Diário Oficial do Estado, mesmo antes da publicação oficial, pelo Ministério das Cidades, do processo de seleção do programa PAC 2 - Mobilidade nas Grandes Cidades, que garantiria o dinheiro necessário ao lançamento desse edital - embora, segundo palavras do próprio prefeito, “já houvesse esta garantia por parte do governo federal”.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

SISU: INSCRIÇÕES COMEÇAM À MEIA-NOITE DE HOJE

A partir da meia-noite desta sexta-feira, estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011 podem se inscrever para disputar uma das 108 mil vagas em universidades públicas que serão oferecidas por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). As oportunidades estão distribuídas em 3.327 cursos de universidades federais e estaduais, além de institutos federais de Educação Profissional.

O maior número de vagas disponíveis (64 mil) está nos cursos de bacharelado. Há, por exemplo, 2.487 vagas em cursos de direito, 1.443 em medicina e 3.958 em graduações na área de administração. Além das carreiras mais disputadas nos vestibulares tradicionais, há oportunidades em cursos menos conhecidos pelos estudantes como astronomia, ciências ambientais, produção cultural e mineração.

Os candidatos podem se inscrever no Sisu até 12 de janeiro. Ao acessar o sistema, o estudante deve escolher duas opções de curso, indicando a sua prioridade. Diariamente, o sistema divulga a nota de corte preliminar de cada curso com base na nota do Enem dos candidatos que pleiteiam as vagas. Durante esse período, o participante pode alterar essas opções se achar que tem mais chances de ser aprovado em outro curso ou instituição.

LUÍS CAVALCANTE: ADMIRÁVEL CALENDÁRIO DE REPOSIÇÃO

Sobre a tal "reposição" dos dias parados nas escolas públicas estauais por conta da última greve da categoria, o professor Luis Cavalcante, educador dos bons, publicou em seu blog, no dia 3 passado, sob o título "Admirável calendário de reposição", o texto que segue abaixo:

"O blogueiro de volta de seu recesso vegano, que acontece no segundo dia de janeiro, acessou O Liberal Digital e ficou surpreso ao ler a nota do Repórter 70, que afirma que a Secretaria de Estado de Educação (SEDUC) está preocupada com o calendário de reposição de aulas.
Não entendeu nada da argumentação da Secretaria sobre o rumo que tomou a reposição de aulas da rede estadual de ensino.

Pensou com seu inseparável amigo notebook: o calendário foi feito pra funcionar? E a SEDUC não estava nem aí para os alunos(as) quando propôs que os sábados fossem utilizados como dias letivos?

Os tucanos sabiam que os alunos adventistas não apareceriam na escola e que o mesmo aconteceria com os estudantes(as) que trabalham na Y. Yamada e Visão. Os demais comerciários também não botariam os pés em nossas unidades de ensino.

Ah! É claro que os professores(as) sem compromisso, aqueles que mais gritam em defesa do ensino público nas greves, deram um jeitinho de não repor os conteúdos e honrar o compromisso assumido com a população.

Os bons professores(as) seguiram o outro caminho!

Quem perde com tudo isso são nossos alunos(as) que já estão vacinados contra tanta enrolação e cansados de serem moídos nessa engrenagem, que já sente a ferrugem do descaso educacional lhe comer. No frigir dos ovos são eles que pagam a conta!!!"

SEDUC GARANTE QUE REPOSIÇÃO DE AULAS SEGUE NORMAL

A reposição dos dias letivos parados durante o período da greve de professores, ocorrida ano passado, segue na Rede Pública Estadual de Ensino. 

Durante a tarde de ontem, gestores das 20 Unidades “Seduc na Escola”, responsáveis por cerca de 380 escolas estaduais da Região Metropolitana de Belém (RMB), e a equipe técnica da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) reuniram-se para dar continuidade ao acompanhamento do calendário de reposição.

A greve durou 34 dias letivos e envolveu cerca de 18% das escolas da RMB. Para aquelas que passaram mais tempo sem aulas, o prazo máximo para o encerramento do ano letivo de 2011 é o dia 27 de março. 

Segundo a diretora de Ensino Fundamental e Infantil da Seduc, Ana Cláudia Hage, a reposição segue normalmente, sem imprevistos. Na unidade 10, responsável pelas escolas dos bairros

Tapanã e Bengui, três das 24 escolas aderiram à greve.


PS: Duvido-o-do da eficiência dessa "reposição". A qualidade do ensino público já é reconhecidamente péssima, de resultados desastrosos e já comprometeu o futuro da atual geração de estudantes. O estrago está feito, e o resultado dessa reposição apenas e tão-somente reduzirá o estrago ainda maior já causado por essa última greve.Os estragos causados pelas greves anteriores jamais serão corrigidos.

Governo do Estado e Sintepp erraram. O Estado, através da Seduc, por não colocar negociadores capacitados para discutir as divergências e por se negar a complementar valores ínfimos. Errou, também, por não saber conversar com a sociedade, deixando prevalecer, no final das contas, a versão distorcida expressa pelo Sintepp.

Errou o Sintepp ao principalizar a divergência e não o diálogo, por claras razões eleitoreiras, empurrando a categoria para a radicalização. Como nas greves anteriores, usou como jogo de cena o discurso da "qualidade da educação pública". Puro mise-en-scéne, um deboche que se repete a cada nova greve! Na realidade, seus pleitos eram apenas e tão-somente corporativos e, claro, eleitoreiros, por se deixar contaminar por interesses de partidos políticos.

Bem que os Ministérios Públicos Estadual e Federal poderiam dar atenção especial a este caso, e não se conformar com os "relatórios oficiais".

PS: Não é de hoje que prevalece, na educação pública brasileira, o pacto da mediocridade: a escola faz de conta que educa, o professor faz de conta que ensina, o estudante faz de conta que aprende e o governo faz de conta que paga. E uma única vítima: os estudantes!

Até quando?

BELO MONTE: GOVERNO DO ESTADO E CONSÓRCIO BUSCAM ACORDO

Dirigentes do Consórcio Construtor Belo Monte deram início, ontem, em Belém, a um trabalho de recomposição de suas relações com o Governo do Estado, fortemente desgastadas por episódios recentes envolvendo, principalmente, a realização de compras em outros Estados.

“Nós estamos mostrando alguns números, estamos trazendo dados, e temos motivos para acreditar que as relações (entre o consórcio e o Estado) vão retornar a um bom entendimento”. A afirmação foi feita pelo diretor de relações institucionais do CCBM, Henrique Di Lello, no final da manhã de ontem.

Ele havia acabado de participar, no Centro Integrado de Governo, de um encontro com o secretário de Indústria, Comércio e Mineração do Estado, David Araújo Leal. Pelo Consórcio Construtor Belo Monte, participaram também da reunião o diretor administrativo, Marcos Sordi, e o gerente de relações institucionais, Flávio Acatauassú.

Presentes ao encontro, estiveram ainda o coordenador do programa Rede de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF), Luiz Pinto, e o economista Roberto Sena, supervisor técnico do Dieese. O PDF é mantido pela Federação das Indústrias do Estado do Pará com apoio do Governo do Estado.


PS: É de bom alvitre que as partes realmete cheguem a um bom termo, superando suas dvergências, e que as obras do projeto sigam seu cronograma.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

HIDRELÉTRICAS PAGARAM R$ 2 BI EM COMPENSAÇÕES

Por conta das usinas hidrelétricas de Tucuruí e Curuá-Una, o Estado do Pará recebeu R$ 66,8 milhões de compensação

As compensações financeiras pagas a municípios, Estados e União pelas empresas de geração de energia hidrelétrica totalizaram R$ 2 bilhões, em 2011, segundo levantamento da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Desse total, R$ 1,63 bilhão são da Compensação Financeira pela Utilização de Recursos Hídricos (CFURH) e R$ 370 milhões dos royalties repassados pela usina binacional de Itaipu (PR).

Somente em dezembro, o valor das compensações foi de R$ 172,7 milhões, sendo R$ 139,1 milhões de CFURH e R$ 33,5 milhões pela transferência de royalties.

A Aneel é responsável por fazer o recolhimento e distribui os valores pagos. A verba é repassada por 92 empresas do setor, responsáveis por 174 usinas hidrelétricas e 184 reservatórios.

Os municípios ficam com 45% da arrecadação, enquanto outros 45% vão para os Estados. O dinheiro deve ser aplicado em programas de saúde, educação e segurança e não pode ser usado para o pagamento de pessoal ou para abater dívidas - a não ser que o credor seja a União.


PS: O Estado do Pará e os municípios sob a área de influência das usinas de Tucuruí e Curuá-Una receberam, em 2011, R$ 66,8 milhões de compensação financeira pela utilização de recursos hídricos.

O município de Tucuruí recebeu R$ 11,7 milhões. Santarém, onde está localizada a Usina de Curuá-Una, R$ 394,7 mil.

ALERTA GERAL: DE OLHO NA COSANPA!

Secretarias de saúde dos estados e municípios devem inspecionar o controle da qualidade da água e tomar providências urgentes, quando necessárias

Esta notícia é das mais importantes, por se tratar de um elemento essencial à saúde humana, e é mais um alerta para ficarmos todos - cidadãos, associações de moradores, sindicatos e outras entidades da sociedade civil, além de vereadores, deputados e prefeitos - de olho na Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa).

Toda água do país destinada ao consumo humano, distribuída por meio de todo sistema de abastecimento, deve ser objeto de controle e vigilância de qualidade. A Portaria nº 2.914, de 14/12/2011, define os procedimentos de controle e de vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade.

De acordo com a portaria, a coordenação nacional das ações de vigilância da qualidade da água, de responsabilidade da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), realizará o trabalho em conjunto com as secretarias estaduais e municipais para promover e acompanhar a vigilância da água para consumo humano. A coordenação ainda vai estabelecer ações específicas no Programa Nacional de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Vigiagua) e executar ações de vigilância da qualidade da água para consumo humano, de forma complementar a atuação dos estados, do Distrito Federal e dos Municípios.

As secretarias de saúde dos estados e municípios devem inspecionar o controle da qualidade da água em sua área de competência e ainda garantir informações à população sobre a qualidade da água para consumo humano.

As companhias de abastecimento de água deverão elaborar relatórios com informações sobre o controle da qualidade da água que serão enviados para os estados, Distrito Federal e municípios. Os relatórios devem ter análises dos parâmetros, com acompanhamento mensal, trimestral e semestral.

“A qualidade da água para consumo humano é uma preocupação constante da população e do Ministério da Saúde. As informações repassadas pelas companhias de abastecimento sobre o tratamento da água fornecida à população são essenciais para o controle da qualidade da água potável oferecida pelos estados e municípios”, ressalta o diretor do Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador do Ministério da Saúde,Guilherme Franco Netto.