sábado, 28 de fevereiro de 2009

ANÔNIMO DISSE

Comentando sobre a nota "EIA-Rima de Belo Monte já está com o Ibama",
Anônimo

Anônimo disse...

Essa notícia é maravilhosa, mas um soco direto na cara dos ecoloucos, principalmente as ONGs estrangeiras, que tanto se intrometeram nesse que é um projeto dos mais importantes pra nós.
Tomara que o Ministério Público pare de dar ouvido pra esse povo que luta contra o nosso desenvolvimento.
Vou ficar de olho nesse caso.
Piteira, continue dando pra nós notícias como essas

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

EIA-RIMA DE BELO MONTE JÁ ESTÁ COM IBAMA

O projeto está pronto e sua execução é fundamental ao desenvolvimento regional.

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) recebeu, hoje, os estudos ambientais sobre a Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu, em Altamira. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do órgão. O Ibama tem agora 180 dias para analisar os estudos e decidir se irá ou não conceder a licença prévia para a obra. A Usina de Belo Monte, se construída, deverá gerar mais de 11 mil megawatts de potência. A conclusão da obra está prevista para abril de 2014, e o investimento estimado é de R$ 7 bilhões. O leilão deverá ser realizado até setembro deste ano. Os Estudos de Impacto Ambiental (EIA) e o Relatório de Impacto Ambiental (Rima) da obra foram realizados pela Eletrobrás, que poderá participar do leilão que vai definir os responsáveis pela construção da usina. Se a estatal não vencer a disputa, ela terá que ser ressarcida pelos empreendedores.
A construção da Hidrelétrica de Belo Monte é considerada essencial para atender demandas presentes e futuras de energia elétrica na região.
Será que agora é pra valer?

(Fonte: Plantão de O Liberal - 19h15)

JOSÉ MICHEL COPPERFIELD

Os truques de David Copperfield andam inspirando os políticos brasileiros?


Reagindo positivamente para se contrapor à denúncias do senador Jarbas Vasconcelos (PMDB/PE) – ou “jogando para a torcida”, como dizem os cronistas esportivos -, os presidentes do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), anunciaram, ontem, a criação de uma comissão mista para consolidar, dentro de 30 a 40 dias, todos os projetos sobre reforma política que existem nas duas Casas.

“Vamos colocar a reforma política numa agenda nacional para a sociedade amadurecer as propostas. Avançamos na área social, econômica, mas, como políticos, não conseguimos avançar”, afirmou Sarney.

O presidente do Senado acrescentou que a ação conjunta dá início à promessa de campanha, tanto dele quanto do colega peemedebista, de "agilizar as coisas mais necessárias para o país", entre as quais estariam, ainda, a mudança no rito das medidas provisórias e a reforma tributária.

As medidas anunciadas são clamores de vozes roucas e cansadas de todos os principais setores da sociedade brasileira, você sabe. Mas daí acreditar que vai sair coelho dessa cartola, só mesmo para quem acredita em Papai Noel, ou nas mágicas do ilusionista David Copperfield.

Por via das dúvidas, mandemos mensagens aos parlamentares paraenses no Congresso Nacional cobrando deles atitudes favoráveis às reformas política, tributária e fim dos abusos na edição de medidas provisórias. Localize os e-mails dos nossos parlamentares nos sites www.senado.gov.br e www.camara.gov.br

E AS NOSSAS, QUANDO?

Panorâmica do alto da Pedra do Pilão, um dos atrativos turísticos do Pema.


A Reserva Extrativista (Resex) do Baixo Juruá, no Amazonas, acaba de dar dois passos importantes no seu processo de estruturação: a instalação do conselho deliberativo e a aprovação do plano de manejo. Com isso, a unidade torna-se a terceira Resex federal do País a dispor de um plano de manejo. O documento é importante porque, entre outras coisas, permite que os moradores possam usufruir de forma legal e sustentável dos produtos da reserva, garantindo, desse modo, o sustento de suas famílias.

E as nossas unidades, quando?

O Parque Estadual Monte Alegre (Pema) e a Área de Proteção Ambiental (APA) Paytuna, ambas naquele município, foram criadas em 2001. As unidades mais recentes são do final de 2006, cujas criações repercutiram positivamente no mundo inteiro. São as Florestas Estaduais (Flota’s) Paru, Faro e Oriximiná, todas unidades de conservação de uso sustentável. Nenhuma delas ainda tem plano de manejo aprovado. Conselho deliberativo, ou consultivo, nem pensar!

Quando o governo do Estado vai sair do discurso para a prática?


É BOM LER NERUDA!

Hoje é sexta-feira, um excelente dia para ler Pablo Neruda.
É um dia que, para muitos, é o fim de uma semana de trabalho: muito trabalho para uns, pouco para outros.

É dia em que muitos - homens e mulheres - bebericam e comem na companhia de amigos, namorados, amantes. Outros, menos extravagantes, preferem o aconchego do lar: uma boa leitura, um excelente filme, uma programação mais cult.

Sexta-feira é um bom dia para ler Neruda. Uns preferem lê-lo todo dia, como que para reoxigenar suas vidas, suas paixões e amores, suas crenças no homem e, muitos, na(s) divindade(s).

Neruda morreu aos 69 anos de idade, vítima de câncer na próstata. Ele, militante comunista, foi senador, embaixador e cônsul chileno ... e poeta universal.

Gosto de ler Neruda - não todo dia, claro, mas pelo menos uma vez por semana. É bom e gostoso ler Neruda.

Reparto com vocês esse prazer. Seguem abaixo dois de seus maravilhosos poemas.

Bom final de semana para todos!



ESTEJAMOS VIVOS, ENTÃO!

Morre lentamente quem não viaja,
quem não lê, quem não ouve música,
quem destrói o seu amor-próprio,
quem não se deixa ajudar.

Morre lentamente quem se transforma escravo do hábito,
repetindo todos os dias o mesmo trajeto,
quem não muda as marcas no supermercado,
não arrisca vestir uma cor nova,
não conversa com quem não conhece.

Morre lentamente quem evita uma paixão,
quem prefere o "preto no branco" e os "pontos nos is
"a um turbilhão de emoções indomáveis,
justamente as que resgatam brilho nos olhos,
sorrisos e soluços, coração aos tropeços, sentimentos.

Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz no trabalho,
quem não arrisca o certo pelo incerto atrás de um sonho,
quem não se permite, uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.

Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da
má sorte ou dachuva incessante, desistindo de um projeto antes de iniciá-lo,
não perguntando sobre um assunto que desconhece
e não respondendo quando lhe indagam o que sabe.

Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar vivo
exige um esforço muito maior do que o simples ato de respirar.
Estejamos vivos, então!


O AMOR SEGUNDO PABLO NERUDA

Não te amo como se fosses rosa de sal, topázio
ou flecha de cravos que propagam o fogo:
te amo como se amam certas coisas obscuras,
secretamente, entre a sombra e a alma.

Te amo como a planta que não floresce e leva
dentro de si, oculta, a luz daquelas flores,
e graças a teu amor vive escuro em meu corpo
o apertado aroma que ascendeu da terra.

Te amo sem saber como, nem quando, nem onde,
te amo diretamente sem problemas nem orgulho:
assim te amo porque não sei amar de outra maneira,

senão assim deste modo em que não sou nem és
tão perto que tua mão sobre meu peito é minha
tão perto que se fecham teus olhos com meu sonho.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

PRETO E BRANCO EM ALTA

Botafogo e São Raimundo em busca do título.

Ontem, no maior estádio do mundo, a Estrela Solitária brilhou mais uma vez, e brilhou bonita. O Botafogo vai jogar a final contra o Resende, na final do primeiro turno do Carioca.
Hoje, outro alvinegro - a Pantera Negra - busca o resultado que o Botafogo vai tentar no próximo domingo: o de campeão.
Para o São Raimundo será um título inédito. Ao Botafogo, mais um.
Boa sorte aos dois, pois eu sou os dois.

JARBAS PREPARA DISCURSO SOBRE ‘CORRUPÇÃO NA POLÍTICA’

O senador pernambucano promete radicalizar contra a corrupção.


Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) parece mesmo decidido a tornar-se um personagem incômodo no Congresso. Para evitar que o alarido das baterias amorteça as declarações que sacudiram Brasília na fase pré-carnavalesca, o senador decidiu subir à tribuna do Senado.
Prepara um discurso azedo. Pretende detalhar as perversões que desvirtuam a ação dos partidos políticos. Práticas que arranhou em entrevista veiculada há dez dias.
Para Jarbas, não se deve permitir que o Carnaval funcione como anestésico contra um debate que considera "urgente e inevitável". O senador trata a corrupção como "um tumor", que precisa ser "lancetado". No discurso, pretende ultrapassar as fronteiras do PMDB.
A resposta às questões que o senador vai levantar, por óbvia, é conhecida até dos mármores que forram o prédio do Senado. Os políticos acercam-se dos cofres das estatais para desviar verbas públicas. Em português claro: para roubar.
Dirá no discurso que o Congresso deveria aprovar uma lei que impusesse pela força o que muitos governantes deixam de fazer por bom senso. "Deveríamos ter uma norma consagrando o entendimento de que diretoria financeira de estatal - pequena, média ou grande - nunca pode ir para partido político".
Acusado pelo PMDB de produzir acusações "genéricas", Jarbas dá de ombros. Diz que não é "auditor". Acrescenta:
"Meu interesse é o de combater práticas danosas, extirpar do meio político os usos e os costumes perniciosos".
Afora o discurso, o senador articula com os deputados Fernando Gabeira (PV-RJ) e Gustavo Fruet (PSDB-PR) a constituição de um grupo suprapartidário anticorrupção. A trinca organiza para a semana que vem um encontro no qual a ação do grupo será esboçada.
Mal acomodado nos quadros do PMDB, Jarbas vai ao encontro com uma preocupação: "Essa reunião não pode ser confundida como o embrião de um novo partido. (...) Agora, todo o nosso esforço deve se voltar para o combate à corrupção e às práticas políticas nocivas (...) É preciso desnudar diante dos olhos da nação esse esquema nefasto dos partidos para alcançar os cofres do Estado".

(Fonte: blog do Josias de Souza)

CARDUMES SE PREPARAM PARA FESTIVAL

A deputada Josefina Carmo conseguiu patrocínio no festival de 2008.
Os cardumes do Aracu e do Piau se preparam para mais uma disputa no Festival de Barreiras 2009. O evento vai acontecer no período de 3 a 5 de julho, na comunidade de Barreiras, município de Itaituba, organizado pela organização não-governamental (ONG) Companhia Ecológica e Cultural Amazônia Viva. Esta será a quinta versão do evento, já considerado um dos maiores do município em presença de público.
Este ano, o Aracu vai trabalhar o enredo “Fordlândia – Na Amazônia, um patrimônio a preservar”, enquanto o cardume adversário vai explorar o tema “São Luiz: Paraíso Ecológico do Tapajós”. A disputa promete ser acirrada.
A maior preocupação dos organizadores, no momento, é a garantia de patrocínio e apoio ao evento. No ano passado, a deputada Josefina Carmo (PMDB) conseguiu, através de convênio com a Assembléia Legislativa (Alepa), R$ 37,7 mil de patrocínio aos dois cardumes. A ONG Amazônia Viva já enviou o projeto deste ano à parlamentar.

UMA MINUTA DE DECRETO POR R$ 20 MIL

O Instituto de Desenvolvimento Florestal do Pará (Ideflor) contratou, com dispensa de licitação, o escritório Sequeira & Zurita Advocacia, ao qual pagou a bagatela de R$ 20 mil, para que este elabore “minuta de decreto com vistas à regulamentação do Fundo Estadual de Desenvolvimento Florestal – FUNDEFLOR”.
Cadê os advogados do governo do Estado, que não puderam dar uma mãozinha ao Ideflor na redação de uma minuta de decreto? E ainda foi preciso aditar o contrato (070/2008), cujo extrato foi publicado no DOE de hoje.
É brincadeira! E se a moda pegar?
O Ideflor é presidido por Raimunda Monteiro, esposa do deputado estadual Airton Faleiro (PT).

ODAIR QUER SANTARÉM COMO SEDE DE TREINAMENTO PARA A COPA DE 2014


Se Santarém não teve chance de se candidatar a uma das sedes da Copa do Mundo de 2014, bem que a cidade poderia ser sede de treinamento de uma das seleções.
É o que pensa o vice-governador Odair Corrêa, e já está trabalhando por essa idéia. Ele desembarcou na cidade, na manhã de hoje, acompanhado de Lúcia Penedo, coordenadora do grupo de trabalho que está promovendo a candidatura de Belém a uma das doze sedes da Copa de 2014. A visita é para avaliar a capacidade e qualidade da rede hoteleira da cidade, situação de trafegabilidade, infra-estrutura turística e, principalmente, as condições do estádio Barbalhão.
“Estamos em um ponto estratégico entre Belém e Manaus, ambas a uma hora de viagem. O povo da região merece esse esforço do Governo do Pará”, destacou.
É uma boa idéia! Não custa tentar.

LAYOUT MODIFICADO

Como já perceberam, mudei o layout do blog, e é possível que novas alterações ainda ocorram.
É uma tentativa de melhorá-lo visualmente.
Aceito sugestões.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

AMAZÔNIA PODERÁ SOBREVIVER AO AQUECIMENTO

No meio de tanta notícia e previsões catastróficas. algumas propositadamente apocalípticas, eis que surge uma otimista e animadora.

Pesquisadores do Reino Unido concluíram que a Floresta Amazônica poderá sobreviver às mudanças climáticas. De acordo com os estudiosos, as projeções feitas anteriormente não levavam em conta o volume de chuvas. Entretanto, o grupo alerta que o Brasil e outros países da região precisam agir para evitar o desaparecimento da região leste amazônica, que é a mais ameaçada pela mudança do clima, desmatamento e queimadas.

Estudos anteriores mostraram que, em meados de 2050, a floresta poderia ser substituída por cerrado. José Marengo, especialista do Instituto Nacional de Pesquisa Espaciais (Inpe), disse ao jornal Folha de S. Paulo que a projeção atual não está totalmente correta. Para ele, por mais que a região tenha um grande volume de chuvas, as temperaturas mais quentes e o ar mais seco farão com que a evaporação das águas também aumente.


Assim ficou a ilha de Santorini após a explosão causada pelo vulcão.

ÊXODO DECODIFICADO?


Na semana passada, The History Channel, disponível na Sky, voltou a exibir o documentário “Êxodo Decodificado”, produzido por James Cameron, que notabilizou como diretor de Titanic, uma das maiores e mais caras produções de Hollywood.

O filme mostra evidências de que as dez pragas que assolaram o Egito antes da saída dos israelitas (1.470 a.c) não foram resultado da intervenção de Javé para salvar o povo que ele escolheu.

Se o texto bíblico é polêmico, o documentário de Cameron está longe de conseguir unanimidade, mesmo entre a comunidade científica.

Veja abaixo as explicações do filme para cada uma das dez pragas que teriam forçado o faraó Ahmose (1560 a.C. a 1526 a.C.) libertar os antepassados dos judeus.


Tudo teria começado com a erupção do vulcão Santorini, no mar Egeu, cerca de 200 km a sudeste da cidade de Atenas, na Grécia.


SANGUE NO NILO: O vulcão na ilha Santorini, a 700 km dali, entrou em erupção, provocou terremotos e fissuras no fundo do rio. Das fendas saiu um gás que se misturou ao ferro do rio, criando ferrugem, que coloriu a água;

PROLIFERAÇÃO DAS RÃS: O gás liberado pelas fendas deixa a água sem oxigênio, fazendo com que os sapos fujam para a superfície. Muitos dos bichos começaram a invadir as áreas habitadas pelos egípcios;

PROLIFERAÇÃO DE PIOLHOS: A infestação de piolhos ocorre devido à falta de água limpa. Sem ela, a higiene fica comprometida, formando um cenário propício para a reprodução de insetos, como os piolhos;

ENXAME DE MOSCAS: As moscas apareceriam por duas razões: falta d’água, que provoca falta de higiene, atraindo os insetos. A segunda é a morte de animais do ecossistema do Nilo – a carniça chama mais moscas;

PESTE NOS ANIMAIS: A cadeia de eventos iniciada pela falta de água gera a proliferação de insetos, que picam os animais rurais, provocando doenças. Essa parte da explicação do documentário é muito criticada;

CHAGAS NOS HOMENS: Em 1986, um lago em Camarões ficou vermelho por causa de vazamentos de gás, e os moradores ganharam bolhas por causa dos gases. O mesmo poderia ter acontecido no Nilo;

CHUVA DE PEDRAS: Um papiro citado no filme relata saraivas semelhantes às da Bíblia. Há outra explicação: as cinzas do vulcão, em contato com a atmosfera, provocam uma chuva de fogo e gelo;

NUVEM DE GAFANHOTOS: A erupção do Santorini teria desequilibrado o clima, aumentando a temperatura e forçando os bichos a migrar. Além disso, enxames de gafanhotos são comuns em partes da África;

TREVAS NO CÉU: A escuridão teria sido causada pelas nuvens de cinza que ele lançou. A força da erupção do Santorini faria com que a nuvem viajasse até o Egito, tapando o Sol e escurecendo o céu;

MORTE DOS PRIMOGÊNITOS: Os filhos mais velhos dormem mais próximos ao chão, segundo o documentário. Entre os gases que vazaram, estaria o dióxido de carbono, que se desloca junto ao solo, matando quem o inala.


TEXTO CONFUSO E VALORES OMITIDOS

A Prefeitura de Juruti publicou, no Diário Oficial do Estado (DOE) de hoje, o terceiro termo aditivo ao contrato que tem com a empresa Área Engenharia e Comércio Ltda. Ela foi contratada “para prestação de Serviços de Engenharia com Fornecimento de Materiais e mão-de-obra para Urbanização da Praça Central do Município de Juruti com a Construção de um Parque Infantil e de uma Arena Cultural”, mediante a Tomada de Preço nº. 2008/1303001.

Mas há uma confusão no texto. Primeiro afirma que o prazo do contrato é de “03/10/2008 a 31/12/2009”, mas depois informa que sua vigência foi prorrogada “para o dia 01/03/2009”.
Além do texto confuso, a publicação não informa o valor inicial da obra, nem os valores aditados, contrariando o que determina a lei.


OMITIU DE NOVO

Na mesma edição do DOE, a Prefeitura de Juruti também publica três outros termos aditivos: com a empresa J.T. do Couto contratada para fornecer material esportivo (Pregão Presencial nº. 2008/1905002), além de Dacilene Lima Aguiar – ME e A.C. Bechara Rego – ME, estas duas contratadas, em 2008, para fornecer suprimentos de Informática.

Os contratos com estas duas se encerraram em 31 de dezembro do ano passado, mas, com os aditivos, prorrogados para 31 de Março de 2009.
Também nestes três casos, a Prefeitura não informou os valores iniciais nem os aditados.

NOVOS ASSENTAMENTOS DO INCRA

NOVOS ASSENTAMENTOS DO INCRA

A Superintendência Regional de Santarém do Incra já requereu à Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) a licença prévia para os novos projetos de assentamento que pretende implantar no Oeste do Pará.

São eles: PAC Monte Muriá e PA Acomec, em Óbidos e Oriximiná; PDS Ouro Branco, em Uruará; PA Rio Cupari, em Aveiro; PA Paraíso do Norte, em Medicilândia; PDS Boa Vista do Caracol, em Trairão; PA Anapuzinho, em Pacajá e Anapú; PA Cupuzal e PA Terra Para a Paz, em Pacajá; PA São Benedito, em Itaituba; PAC Cauçu B e Balança, em Monte Alegre; PA Cipoal, PA Repartimento, PA Vale do Açaí, PA Curumú II e PA Mamurú, em Óbidos; PA Miriti, em Alenquer e Monte Alegre; PA Itaquera I, em Faro; PA Jamary e PA Vira-Volta, em Terra Santa; PAC Araipacupú, em Rurópolis e PDS Horizonte Novo, em Porto de Moz.


VAI-QUEM-QUER JÁ LIBERADO


Enquanto os de cima aguardam liberação para ser executados, o PA Vai-Quem-Quer, localizado na região do Maripá, em Monte Alegre, já recebeu licença prévia da Sema. A licença tem validade até 23 de dezembro de 2011.

Este, assim como a maioria dos demais criados em Monte Alegre nos últimos dois anos, é formado por áreas já ocupadas há décadas por agricultores familiares.

Na verdade, o Incra não vai assentar ninguém nessas áreas, mas apenas fazer a regularização fundiária e oferecer aos agricultores os recur$$$os da reforma agrária. Essa foi a principal arma eleitoral usada pelo PT no pleito municipal do ano passado em Monte Alegre. Quase deu certo.

RIO TINTO VENDE MINA DE CORUMBÁ

A mineradora Rio Tinto luta para vencer as conseqüências da crise econômica mundial. Uma das estratégias é a venda de ativos da empresa.
No final de janeiro passado, ela anunciou a venda da mina de minério de ferro que opera no município de Corumbá (MS) e de uma mina de potássio na Argentina.
Valor da transação: US$ 1,6 bilhão. E a compradora é a brasileira Vale, a maior produtora mundial de minério de ferro. A Rio Tinto, apesar da venda, não perdeu a segunda colocação.
A mina de Corumbá produz cerca de 2 milhões de toneladas de minério de ferro por ano. A empresa pretendia expandir essa produção para 12,8 milhões de toneladas, um investimento de US$ 2,1 bilhões, e pretendia chegar a 23,2 milhões de toneladas.
Segundo a direção da empresa, a venda de ativos faz parte da estratégia de reduzir em US$ 10 bilhões a dívida da companhia.
Um dos projetos da Rio Tinto em execução é a pesquisa mineral em áreas dos municípios de Monte Alegre e Alenquer, onde já se confirmou a ocorrência de grande jazimento de bauxita. Ainda não se sabe o quanto a crise mundial afetou esse projeto da empresa na Calha Norte.

CHINESES INJETAM BILHÕES NA EMPRESA

Outro aporte de recursos à empresa deverá vir da estatal chinesa Chinalco. A Rio Tinto anunciou, em meados deste mês, que a empresa chinesa vai investir mais US$ 19,5 bilhões (cerca de R$ 44,5 bilhões) na companhia. Com o investimento, o maior realizado pela China em uma empresa estrangeira, a Chinalco deverá aumentar sua participação na Rio Tinto dos atuais 9% para 18%.
O lucro líquido da empresa, em 2008, foi de US$ 3,7 bilhões (R$ 8,5 bilhões), uma queda de 50% em relação a 2007.

CARNAVAL


A Secretaria de Estado de Cultura (Secult) divulga, hoje, no Diário Oficial, extratos de 35 convênios firmados com blocos e escolas de samba, com repasse de recursos para apoio ao Carnaval 2009. Todas as agremiações são da capital. Nenhumazinha do interior do Estado. Valor total: R$ 660 mil.